Vai ficar tudo bem

Vai ficar tudo bem

Escreveu Rafa nas bandeirolas que fez para a janela da sua casa, um dos apartamentos de frente do primeiro andar do prédio que eu moro… criança de seus 7 ou oito anos Rafa veio morar aqui pouco antes do início do isolamento social.

Logo nos primeiros dias colou recados na sua porta, um desenho e a #FiqueEmCasa… depois colocou seus desenhos em tecido na janela… na páscoa espalhou mensagens e coelhinhos de dobraduras pelo corredores, dias depois deixou na sua porta para quem quisesse pegar alguns “potes mágicos” que são a sua própria versão de “potes da calma” e no dia das mães deixou flores em um vaso com água e mensagens para as mães do prédio.

A criança já entendeu que precisamos de leveza e empatia para enfrentar esse momento tão duro e provavelmente se inspira nas tarefas que sua professora passa para transmitir a sua esperança aos que precisam sair para trabalhar ou ir até o portão receber entregas.

Já eu, sigo contando os dias pra poder conhecer, abraçar e agradecer essa criança, que mesmo com sua pouca idade e sem conhecer muitos de nós tem se esforçado para que os dias sejam mais leves aqui no prédio.

AuthorJúlia Flôres

Sou fotógrafa, publicitária, assessora de comunicação e "responsável técnica" por esse espaço! Descobri o movimento social em 2 mil e poucos... desde então acompanho muitas lutas, que de certa forma me mostraram a importância de cada batalha em defesa dos direitos humanos.

7 replies to Vai ficar tudo bem

  1. Muito legal, Julia. Sensibilidade, obrigada por compartilhar conosco

  2. Parabéns, Julia! Lindo texto. Precisamos ler essas levezas para nos fortalecer. Tu estás próxima dessa menina e nos transmite o amor, o carinho que transborda nas suas atitudes. Obrigada!
    Marli Conzatti

  3. Julia querida❤
    Da forma que descreves o Rafa e suas ações, me faz crer na humanidade. Sim! ainda há pessoas com empatia entre nós!

    • Amada Júlia, tu és muito linda mesmo. Captaste a beleza e leveza da Rafaela.
      Delícia de escrita. Sua tua fã!

  4. Julia querida, que beleza de escrita. Captastes a beleza e profundidade da Rafa. Na tua escrita demostras tua sensibilidade e abertura a aprendizados simples e profundos. Esse tempo, para quem escuta além de ouvir, enxerga além de ver, é puro aprendizado. Siga escrevendo! Nós ganhamos e tu te aperfeiçoa !

  5. Eu sou o Rafael e eu adorei o que tu escreveu sobre mim e adoro colocar bilhetes na minha porta quem você é ?

    • Oie, Rafael! Que bom que tu gostou! Sou a tua vizinha de cabelo laranja, do apartamento 14. Beijão pra ti e pra tua mãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *