Vem comigo?

Vem comigo?

Espera, larga o celular e respira fundo antes de mandar essa mensagem.

Eu sei que tu tá ansiosa por essa resposta e não importa se ela é prática, como a hora que ficou marcada a reunião, ou se é só um pouco de atenção ou afeto que tu tá precisando.

Vai… Respira…. Lembra que do outro lado tem alguém tão ou mais ansiosa que tu, que pode ter recebido uma notícia ruim ou tá só muito esgotada de tantas tarefas.

Agora pensa… Relê ou escuta a mensagem que tu vai enviar… Ela é tão atenciosa como a que tu quer receber de volta? Entende e respeita a angústia que a outra pessoa tá passando, ou é só mais uma cobrança pra lista?

Nós duas sabemos que nossos dedos não vão cair por um “oi, espero que esteja tudo bem contigo” ou algo parecido antes da pergunta.

A quarentena nos afastou de nós mesmas, das pausas pro café/água/chá, o deslocamento entre reuniões, os almoços descontraídos, os momentos em família deram espaço para intermináveis reuniões de vídeo.

Não bastasse estarmos isoladas da nossa rotina e seus pequenos prazeres que nos reenergizam tanto e o trabalho virou ato contínuo, as demandas surgem no meio da madrugada e nos finais de semana como no “horário comercial”. A gente se esgota, fica até com raiva, mas aí quando somos nós que entramos no “modo turbo” de produtividade demandamos sem pensar na hora, esquecendo de respeitar o tempo das outras pessoas, exatamente como fizeram com a gente.

Então eu te convido criar junto comigo uma nova meta pra essa quarentena (e pra vida)… a cada mensagem que for enviar eu vou parar, reler/ouvir e pensar em como eu me sentiria recebendo essas palavras no pior dia que enfrentei até aqui e como tornar essa mensagem mais leve.

Bora?

AuthorJúlia Flôres

Sou fotógrafa, publicitária, assessora de comunicação e "responsável técnica" por esse espaço! Descobri o movimento social em 2 mil e poucos... desde então acompanho muitas lutas, que de certa forma me mostraram a importância de cada batalha em defesa dos direitos humanos.

4 replies to Vem comigo?

  1. Parabéns Juh! Ótimo texto… daqueles que todos precisamos ler. E… Bora…

  2. Ju, te conhecer foi umas das melhores coisas dessa quarentena. Suas mensagens sempre chegam pra mim como um abraço quentinho, e eu espero que esse abraço não demore muito pra se tornar real.
    Sucesso sempre, tu merece o mundo!

    • Bahhh, Fran… Coisa boa ler isso… É recíproco de mais! Contando os dias pra esse abraço!

  3. Totalmente identificada com esse texto. Respirar é tudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *