Quando foi?

Quando foi?

Me conta… qual foi a última vez que tu, sem conhecimentos específicos diagnosticou alguma doença física em alguém? Definiu um tratamento a ser seguido para a cura?

e não.. eu não falo de quando uma pessoa reclama de dor de cabeça e a outra oferece um analgésico… meu questionamento é sobre câncer, convulsões, pressão alta, diabetes, pneumonia…

Quando foi? 

Já se auto diagnosticou uma dessas?Iniciou um tratamento sem orientação de pessoas especializadas no assunto?

Não, né? Essas coisas precisam de exames específicos… a gente pode sim perceber os sintomas e aconselhar que a pessoa investigue, mas a gente não sai por aí dizendo “fulano ta com tal sintoma… ele devia tratar esse câncer que ele tem de tal forma”.

Agora me explica… pq a gente faz isso com as doenças psíquicas? pq postamos que o nosso inbox está aberto para “atender” amigos, amigas ou amigues que estejam com depressão, achando que damos conta de toda a demanda sem apoiar essa pessoa para buscar o tratamento correto? Nem os profissionais da saúde sabem tratar de tudo… eu inclusive passei anos fazendo um tratamento inadequado por estar em acompanhamento de outra questão médica e o especialista me receitar tratamento para a sua e para os sintomas da outra especialidade.

Pq então, nós leigos e leigas, nos damos ao direito de com um fragmento de informação decretar uma patologia a quem quer que seja? alguém indeciso vira logo “bipolar”, o amigo que anda mais quieto certamente “está depressivo” se emagreceu tem “bulimia, com toda certeza”. 

Não.. esse não é um texto para defender que a gente ignore os sinais de alerta, muito longe disso. A intenção aqui é justamente lembrar a importância de um diagnóstico correto, feito por pessoas que se especializaram nisso e que tem as informações necessárias para orientar um tratamento que leve a cura ou a estabilização do quadro crônico.

Cuide da sua saúde mental, cuide da saúde mental de quem te cerca, sempre com responsabilidade 


AuthorJúlia Flôres

Sou fotógrafa, publicitária, assessora de comunicação e "responsável técnica" por esse espaço! Descobri o movimento social em 2 mil e poucos... desde então acompanho muitas lutas, que de certa forma me mostraram a importância de cada batalha em defesa dos direitos humanos.

2 replies to Quando foi?

  1. Oi Júlia.
    Que texto maravilhoso, verdadeiro.
    Muito importante, pois tenho muitos familiares, amigos, que se automedicam e dão receita(?) Para os outros.

  2. Real e infelizmente temos o mau hábito da auto medicação e pior, o brasileiro tem essa mania, até arrogante, de dar pitaco em tudo, sem ter base de conhecimento científico pra tal.
    Devemos nos amar mais e assim nos cuidarmos mais.
    Muito bom tópico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *